Instalando o Arch Linux

Tá afim de aprender a instalar o “pai” do Manjaro? Siga o video abaixo e boa sorte!

Anúncios

Nova atualização para Manjaro 15.12 (23/12/2015)

update

Estamos felizes em anunciar o lançamento estável de Manjaro 15.12 (Capella)!

Depois de quase 3 meses de desenvolvimento podemos apresentar a vocês agora o Capella, a nossa mais recente iso do Manjaro Linux. Esta versão vem com XFCE 4.12, KDE Plasma 5.5, 4.1.0 kernel LTS e todas as atualizações habituais Manjaro e upstream. Nós trabalhamos principalmente em nossas ferramentas e os instaladores gráficos.

Mudanças notáveis em nossas ferramentas:

  • módulo kcm de Manjaro Settings foi retrabalhado
  • várias melhorias para Pamac e Octopi
  • otimizações e correções para Manjaro-Tools
  • uma questão lvm foi fixada com o Thus

Pacote-wise nós temos seguintes alterações:

Aplicativos KDE foi atualizado para 15.12, Virtualbox está agora em 5.0.12, mesa é a 11.0.8, Wine em 1.8 e o kernel em 4.4rc6. Bumblebee é agora também fixada para OpenRC e pequenas correções entrou em nosso thunar plugin do samba-share.

Para maiores informações, clique aqui!

Arch Linux não vão mais fornecer suporte ao KDE 4

archlinux-logo

A equipe de desenvolvimento do Arch Linux através de Antonio Rojas, publicaram um anúncio no site do projeto Arch Linux sobre as mudanças que vão ocorrer com os pacotes do KDE em seus repositórios. Segundo as informações do anúncio, a pessoa que mantinha o pacote do KDE 4 não vai mais prestar suporte a esta versão. O grupo fez uma reunião e chegaram a um concesso que não há mais condições de manter a versão 4 e 5 do KDE ao mesmo tempo, e optaram por apenas uma, neste caso o KDE 5.

Eles ainda disseram, que a versão lançada a pouco tempo, a 5.5 do KDE, é estável o suficiente para substituir de forma absoluta a versão 4. Os usuários atuais do KDE 4 do Arch Linux vão receber uma atualização nos próximos dias em seus sistemas que vai atualizar para a versão 5.5 do KDE de forma automática.

Assim, eles orientam a atualizar o mais rápido possível os sistemas para a nova versão estável, ou então utilizar algum outro ambiente baseado na versão 4 do KDE. E para aqueles que não querem esperar, também é possível fazer a atualização manualmente, para isso eles inseriram as informações na Wiki, confira no link abaixo e siga as instruções.

Para ler o anuncio oficial, clique aqui.

Apricity OS, um derivado do Arch Linux

apricity

Baseado no Arch Linux, Apricity OS é construído em torno do GNOME, e está configurado de forma, afim de consumir o mínimo de recursos possível, bem como para reduzir os tempos de inicialização em alguns segundos. Ele usa ICE, um simples gerenciador de SSB (navegador para sites específicos), para colocar seus aplicativos Web favoritos na área de trabalho, e TLP, uma ferramenta de gerenciamento de baterias avançadas para otimizar o uso da bateria em computadores portáteis.

Entre outras características únicas de Apricity OS, podemos citar Pushbullet, um utilitário que permite que os usuários enviem links ou arquivos entre vários dispositivos, bem como para receber chamadas telefônicas, mensagens de sms, ou outras notificações móveis, Syncthing, uma ferramenta que permite você transferir grandes quantidades de dados através de múltiplas plataformas através de um sistema totalmente criptografado e PlayOnLinux, um front end baseado no Wine que permite usar aplicativos e jogos do Windows.

Além disso, Apricity OS vem com sbackup, um utilitário de backup totalmente funcional que suporta backups comprimidos e não comprimidos, backups agendados, backups manuais, backups remotos e backups de divisão,ele também com o  Liquid Prompt, uma ferramenta para o embelezamento do Terminal, tornando-o mais informativo, suporte a HiDPI, Uncomplicated Firewall (UFW), Pamac gerenciador de pacotes, o LibreOffice, Steam para Linux e outros aplicativos populares do GNOME.

No momento, uma primeira versão beta do distro Apricity OS está disponível para download agora mesmo via Softpedia, mas apenas para computadores de 64 bits. Os desenvolvedores afirmaram que máquinas de 32 bits não serão suportadas neste momento. É distribuído como uma imagem ISO do Live DVD que você poderá escrever em uma unidade USB ou um DVD.

Lembramos que o Apricity OS é uma distribuição ainda em desenvolvimento. A versão beta é uma versão de pré-lançamento, o que significa que ele contém questões não resolvidas e não é adequado para a implantação em ambientes de produção como o único sistema operacional.

Para conhecer mais sobre o projeto, clique aqui.

BlackArch Linux foi atualizado com mais de 100 novas ferramentas

BlackArch

As ferramentas existentes foram atualizados para suas últimas versões. Os desenvolvedores do sistema operacional BlackArch GNU/Linux baseado no Arch Linux e que tem foco em testes de penetração. Eles anunciaram no dia 25 de Novembro de 2015, a disponibilidade da nova versão da ISO para download que apenas se destina para a instalação da distribuição.

De acordo com as notas de lançamento, a última imagem ISO BlackArch foi atualizado para incluir todos os patches de segurança e atualizações de software que foram liberados nos repositórios de software do Arch Linux desde 25 de Novembro de 2015. A distribuição conta com dois tipos de ISO’s, uma live e outra NetInstall e fornecem suporte para 32 e 64 bits.

Mais de 100 novas ferramentas foram adicionadas na nova ISO do BlackArch, juntamente com fontes adicionais, suporte multilib, kernel Linux 4.2.5, e muitas atualizações para a maioria das ferramentas existentes na distribuição.

Vamos conferir um trecho do anúncio oficial:

“Hoje nós lançamos novas ISO’s BlackArch Linux. As novas ISO’s incluem mais de 1300 ferramentas”, disseram os desenvolvedores BlackArch Linux no anúncio oficial. “Queremos agradecer a todos os usuários. Obrigado pela ajuda.”

Além das alterações mencionadas acima, a nova mídia de instalação BlackArch foi adicionado o grupo “vboxsf”, que estava faltando nas imagens ISO anteriores.

Para fazer o download do BlackArch, clique aqui!

Nova atualização para Manjaro 15.09 (30/11/2015)

update

Estamos felizes em anunciar nossa oitava atualização para o Manjaro 15.09 (Bellatrix)!

Archlinux decidiu ir com o xorg-server 1.18.0, mesmo com o fato de que o Catalyst não suporta esse servidor ainda. Os mesmos que usamos uma vez mais o nosso recurso de sobreposição que bloqueia essa série de atualização. No entanto, já atualizamos alguns drivers da série do xorg-server 1,17, incluindo os mais recentes drivers da Nvidia.

Mais mudanças na relação de Deepin e Cinnamon foi introduzido com essa atualização. Estamos agora com mais pacotes do Archlinux para ambos os ambientes de desktop. Python e Haskell teve novamente algumas atualizações e Thunderbird está agora em 38.4.0. O primeiro release candidate do Wine 1.8 completa esta atualização.

Para maiores informações, clique aqui.

Conheça o RaspArch Live CD, o Arch Linux para Raspberry Pi 2!

rasparch-wicd-wirelessO RaspArch 151.107 está disponível para download. RaspArch pretende ser uma ferramenta que permite qualquer pessoa instalar o Arch Linux no Raspberry Pi 2 sem ter muito trabalho.

Arne Exton informa o segundo lançamento do Live CD,do sistema operacional Arch Linux para arquiteturas de ARM. RaspArch usa a última versão do ambiente desktop LXDE, que é muito leve, bem como alguns softwares populares como Mozilla Firefox e GIMP. Além disso, conta com o Kernel Linux 4.1.12 LTS.

RaspArch foi desenhado por Arne Exton a partir do zero para ser fácil de usar, mesmo por aqueles que não têm nenhum conhecimento prévio da instalação de sistemas operacionais GNU/Linux em Raspberry Pi 2 SBC.

Como qualquer outro sistema operacional, RaspArch precisa ser instalado em um cartão Micro SD primeiro, que pode ser usado como qualquer outro sistema operacional Arch Linux.

Por que LXDE? Arne Exton escolheu o projeto Lightweight X11 Desktop Environment como padrão para o RaspArch porque é extremamente fácil de usar e não ocupa muito espaço.

Claro, uma vez que você instalar o RaspArch no seu dispositivo Raspberry Pi 2, você poderá substituir o LXDE com qualquer outro ambiente de desktop de código aberto que você desejar, afinal você vai ter acesso aos repositórios de software oficiais do Arch Linux.

Para fazer o download, clique aqui.