Comparar arquivos PDF com o DiffPDF

dif

DiffPDF é uma aplicação gráfica usada para comparar dois arquivos no formato PDF. Esse é um utilitário simples para comparar visualmente dois arquivos PDF. O programa é especialmente útil quando você tem dois arquivos bastante semelhantes e quer descobrir as pequenas diferenças entre eles.

DiffPDF é um aplicativo que permite comparar arquivos PDF. Por padrão, a comparação do texto é feita em cada par de páginas, mas a comparação do aspecto visual das páginas, também é suportada (por exemplo, se um diagrama é alterada ou se é um ponto reformatado). Também é possível comparar determinadas páginas ou intervalos de páginas.

Para instalar o DiffPDF, faça da seguinte forma:

yaourt -S diffpdf

Anúncios

Conversor de áudio: veja como instalar o fre:ac no Manjaro

freac

fre:ac é um conversor de áudio e também CD Ripper de código aberto. Além de ser gratuito, ele suporta vários formatos de áudio e codificadores, e também está disponível em vários idiomas. Com fre:ac você pode converter entre muitos formatos de som como MP3, MP4, M4A, WMA, Ogg Vorbis, FLAC e AAC.

Para instalar o fre:ac, faça da seguinte forma:

yaourt -S freac

Abolição da pirataria aumentaria em até 65% a participação do Linux no desktop, segundo estudo norueguês

pirataria

O Departamento de Economia da universidade de Oslo publicou um estudo de Arne Rogde Gramstad que busca correlacionar dados da Net Applications, da BSA, do FMI e do Fórum Econômico Mundial para identificar qual a relação entre a intensidade da pirataria de software em um país e a participação do Linux nos desktops dos usuários desse mesmo país.

O estudo é bastante comedido ao propor uma relação em que o aumento de 1% da taxa de pirataria corresponde a uma redução da participação do Linux de 0,5 a 0,65%. Mas o autor aproveita e comenta sobre a extrapolação (que ele posteriormente qualifica e reduz) em que a pirataria venha a ser abolida em um determinado país – ou seja, redução de 100%, na qual o número de usuários de Linux nesse mesmo país aumentaria em até 65%.

Vale destacar: aumentar em 65% uma participação inicial de 1% equivale a alcançar uma participação de 1,65%, e não de 65%.

Comparando e sincronizando pastas com FreeFileSync

FreeFileSync

FreeFileSync é uma ferramenta de código aberto multiplataforma para comparar e sincronizar pastas no Linux, Windows e Mac OS X.

Entre outros, ele tem suporte para a realização de comparação de arquivo binário, identificador de links simbólicos, copiar atributos estendidos de NTFS e permissões de segurança, cópia de arquivo à prova de falhas, inclui/excluir arquivos via filtro, tem desempenho em tempo de execução otimizada, relatório de erros detalhado e pode automatizar trabalho em lotes.

Para instalar o FreeFileSync, faça da seguinte forma:

yaourt -S freefilesync

Vaio, Toshiba e Fujitsu irão se unir

vaio_fujitsu_toshiba_logos

A Vaio, fabricante de computadores que se desmembrou da Sony em 2014, irá se unir às divisões de PC das empresas Toshiba e Fujitsu. O acordo será anunciado até o final de março, afirma Hidemi Mouse, diretor executivo da Japan Industrial Partners Inc., um fundo de aquisição que controla a Vaio, em entrevista à Bloomberg News.

No início de fevereiro, a Toshiba insinuou que estava à procura de parcerias, após confimar que não estava considerando parar de fabricar computadores. Em dezembro de 2015, a companhia japonesa cortou 7.800 empregos após um escândalo contábil.

A fusão da Vaio, da Toshiba e da Fujitsu confirma a consolidação que está em processo na indústria de PCs. A queda nas vendas de computadores, devido à prevalência de smartphones e o amadurecimento da tecnologia dos PCs, que alongou seu ciclo de troca, provocou uma estagnação no mercado que dura anos. Agora, HP, Dell e Lenovo – as três maiores fabricantes do mercado – terão finalmente um adversário expressivo.

A Lenovo controlava 29% das vendas de PCs no Japão entre os meses de julho e setembro de 2015, de acordo com a International Data Corporation (IDC). Fujitsu e Toshiba seguiam com 17% e 12%, respectivamente. Já a Vaio não divulga seus números de vendas.

“O mercado de PCs está diminuindo, o que significa que há mérito em trabalhar em conjunto para aproveitar ao máximo a pesquisa, os volumes de produção e canais de comercialização”, disse Mouse.

Instalando o cliente MPD Cantata no Manjaro

cantata-mpd

MPD, ou Music Player Daemon é uma aplicação do lado do servidor para reproduzir músicas via protocolo de rede. Já o Cantata é um cliente para MPD, aliás, ele é um dos clientes MPD que mais possui características embutidas: ele suporta listas de reprodução, streams, gerenciamento de biblioteca e letras.

O programa também inclui muitas características encontradas em tocadores de mídia avançados, como listas de reprodução dinâmicas, sincronização com media players externos, transcodificação, digitalização ReplayGain e suporte para múltiplos servidores MPD.

Para instalar o MPD Cantata, faça da seguinte forma:

sudo pacman -S mpd cantata

Zephyr, o novo sistema operacional RTOS para Arduinos e Galileo, capitaneado pela Linux Foundation

zephyr

Sistema Zephyr será voltado aos hardwares com menor disponibilidade de recursos, e tem como pontos fortes previstos a modularidade, a segurança e a conectividade.

O Zephyr será um software livre, baseado na licença Apache 2.0. Seus diferenciais incluem várias medidas para limitar a demanda por recursos do hardware: aplicação e kernel compartilham um mesmo espaço de endereçamento, recursos podem ser incorporados (no momento da compilação do RTOS) na configuração e quantidade exata a ser definida pela aplicação, e recursos obrigatórios de verificação de erros serão reduzidos ao mínimo para evitar maior ocupação de memória (serão oferecidos como opções de debug, não como parte do núcleo obrigatório de recursos).

Entre os serviços oferecidos pelo RTOS, estão os de multi-threading, os de interrupções (com registro na compilação e na execução), de sincronização e comunicação entre threads, de alocação de memória e de gestão de energia.

A Linux Foundation, com apoio inicial da Intel (leia-se também Altera e Wind River), NXP, Synopsys e UbiquiOS, e aberta a novas adesões, destaca que é um complemento (e não um substituto) para o Linux embarcado, e que está voltado a atender inclusive os casos de uso de menor disponibilidade de memória.

As plataformas previstas para suporte inicial incluem 2 modelos de Arduino (o 101, baseado em Intel Curie, e o Due, baseado em Atmel ARM Cortex-M3), a placa Galileo da Intel, e a placa FRDM-K64F Freedom da NXP. Outras serão acrescentadas conforme o interesse dos desenvolvedores for agregado.